Dicas Saúde

13/01/2022 / 5 dias atrás

Higiene Íntima Feminina: Como Fazer Corretamente

Higiene Íntima Feminina: Como Fazer Corretamente

mmA higiene íntima deve fazer parte do cuidado diário de toda mulher, assim como outros rituais, como tomar banho e escovar os dentes.

Porém, muitas tem dúvidas de como fazer, já que existem muitos detalhes e situações específicas na nossa rotina que merecem cuidados especiais.

Nesse artigo você vai entender como realizar a higiene íntima feminina de forma correta! Ele é um guia completo com tudo o que você precisa saber para manter sua região íntima limpinha e saudável!

Porque a Higiene Íntima Feminina É Tão Importante

A higiene íntima é um mecanismo de prevenção para a nossa saúde íntima.

Tanto a vulva, quanto a vagina, são lugares quentinhos, escurinhos e úmidos, ou seja, local perfeito para fungos e bactérias.

Quando a higiene é mal feita, ela possibilita que esses organismos se proliferem e causem doenças.

Agora vamos ao passo-a-passo…

Como Fazer a Higiene Íntima Feminina

Primeiro quero começar esclarecendo uma coisa importante: toda a higiene deve ser feita APENAS na área externa, ou seja, na vulva.

Nunca faça nenhum tipo de ducha vaginal, ou seja, nunca jogue água ou sabonete dentro do canal vaginal.

A vagina possui uma microbiota de proteção, com milhares de bactérias do bem, que cuidam do local.

Se lavamos o canal vaginal, essa flora é destruída e ficamos sem proteção… e isso é um prato cheio para várias doenças.

Higiene Após o Xixi

Grande parte das mulheres passa o papel de trás para frente. Porém, dessa forma carregamos as bactérias do ânus para a entrada da vagina, o que pode causar infecções.

O correto é passar o papel sempre de frente para trás. E melhor ainda é apenas pressionar o papel sobre a vulva, evitando esfregar, para que restos não fiquem presos na região.

Higiene Após o Cocô

Depois de fazer cocô, o ideal é lavar toda a região anal, pois apenas passar o papel não retira todos os dejetos, apenas espalha as bactérias.

O ideal é tomar um banho ou utilizar aquelas duchas que ficam ao lado do vaso. Mas é claro que nem sempre é possível, pois muitas vezes estamos fora de casa.

Nesse caso, uma ótima opção são as Toalhas Compactas Feminist. Elas vem em uma caixinha e parecem comprimidos, super fáceis de levar na bolsa.

Em contato com a água elas se expandem e se tornam uma toalha de 24cm, com uma textura suave e macia, própria para realizar a higiene íntima.

Clique na imagem para conhecer:

Higiene Durante o Banho

Agora vamos falar sobre a higienização no banho. Eu recebo várias perguntas lá no meu Instagram (aliás, de você ainda não me segue, aproveita agora!)

Tem que usar sabonete íntimo? Qual usar? Quantas vezes?

Então vamos lá…

A nossa região íntima tem um pH ácido e o sabonete utilizado deve sempre respeitar essa acidez para manter as nossas defesas naturais.

Os sabonetes comuns em barra, de mercado, são muito alcalinos, causando ressecamento e alterando a flora da nossa vulva, quando usados na região.

Além disso, os sabonetes em barra normalmente são compartilhados com os outros integrantes da casa, o que pode prejudicar ainda mais nossa saúde íntima.

Logo, é muito importante utilizar um sabonete próprio para a região íntima, que mantém o pH ácido, evitando as irritações e alergias.

Eu utilizo e recomendo o Sabonete Íntimo. Ele é um dos únicos do mercado que possui uma fórmula totalmente natural e faz a limpeza com qualidade.

Tem um cheiro bem suave e refrescante, e uma textura bem gostosa.

Ele é formulado com óleo de melaleuca, extrato de barbatimão e arnica que possuem propriedades antissépticas, antifúngicas e cicatrizantes.

Possui as opções líquido e em barra e é unissex, então o parceiro também pode dar aquela caprichada na higiene!

Ambas as opções estão disponíveis na minha loja, clique nas imagens para conhecer:

MP BANNER WHATS - Higiene ?ntima Feminina: Como Fazer Corretamente

Agora que já sabemos o produto ideal, ou te falar como realizar a lavagem!

Tanto o sabonete líquido, quanto o em barra, só precisamos passar um pouco em uma das mãos, esfregar até fazer espuma e aplicar em toda a vulva. Lembre-se de não encostar o sabonete em barra diretamente na região para evitar contágio.

Ao massagear, afaste os lábios e levante o prepúcio do clitóris. Lave sempre de baixo para cima, conseguindo assim alcançar os pontos escondidos. Também não se esqueça do ânus e da virilha.

Durante o verão, a higiene pode ser feita de 2 a 3 vezes ao dia e no inverno, 1 vez ao dia.

Na hora de sair do banho, sempre enxugar a vulva, afastando os lábios para secar entre eles.

Desodorante Íntimo

Você sabia que a nossa região íntima produz mais suor do que as nossas axilas?

Por ficar “escondida”, ser composta pelos pequenos e grandes lábios e conter pêlos, toda a nossa vulva transpira muito!

Por isso, ao longo dia, podem aparecer odores desagradáveis, que os deixam incomodadas, e até inseguras.

Para evitar esse tipo de situação, o desodorante íntimo surgiu no mercado. Sua função é bloquear as bactérias que causam o mau cheiro, deixando a região fresca durante todo o dia.

Eu comecei a usar esse tipo de produto à pouco tempo, mas, gente! Senti muito diferença! Me deixou muito mais fresca e sem aquele incomodo no final do dia, sabe? Além do mais, deixa um cheiro muito gostoso, bem sedutor! Recomendo demais!

Clique na imagem para conhecer:

Roupas Íntimas

Além da higiene íntima feminina, também é necessário cuidar das roupas que ficam em contato direto com ela.

Quem nunca lavou a calcinha no chuveiro e esqueceu ela pendurada no box?

Essa prática pode ser muito nociva, pois o banheiro geralmente é um local úmido e pouco ventilado, um local propício para fungos que, caso se instalem na calcinha, podem entrar em contato com a nossa região íntima e causar problemas.

As calcinhas podem ser lavadas no banheiro, inclusive com o sabonete íntimo, mas o correto é secá-las sempre ao sol ou em um local ventilado.

Mantenha o Local Arejado

Falando em ventilação, nossa região íntima precisa respirar!

Por isso, evite roupas muito apertadas ou ficar muito tempo de pernas cruzadas.

Também é bom lembrar de não ficar com roupas úmidas no corpo por muito tempo, como biquínis/maiôs ou roupas de academia.

Outra dica maravilhosa, é dormir sem calcinha! Confesso que no início eu ficava bem desconfortável, mas um truque é usar um shortinho soltinho, sem nada embaixo e aos poucos você vai se acostumar a ficar livre de vez!

Cuidados Após o Sexo

Uma outra prática importante para a higiene íntima feminina, é sempre fazer xixi depois de uma relação sexual.

A uretra (canal por onde sai o nosso xixi) fica muito próxima da vagina e do ânus, e por isso, ela pode ser facilmente contaminada por bactérias originárias desses locais, já que durante a relação sexual ocorre atrito e circulação de fluídos na região íntima.

Ao fazer xixi, nós “lavamos” a uretra, expelindo possíveis bactérias que tenham entrado no canal durante o sexo.

O ideal é urinar na próxima meia hora após a relação.

Atenção aos Sinais

É sempre importante conhecer o seu próprio cheiro natural e ficar atenta a alterações de odor, cor da secreção e alguma ardência na região.

Nesse caso, procure uma ginecologista para verificar se está tudo bem.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário se você já conhecia todas elas!

Conta pra gente o que achou!

0 comentário

Deixe seu comentário

Comentário

Nome

E-mail

Quanto é 1 + 4?

NEWSLETTER

Digite seu e-mail

Não se preocupe, também não gostamos de SPAM :)

PARCEIROS